clique para navegar!
"A educação é um processo social, é desenvolvimento. Não é a preparação para a vida, é a própria vida." (John Dewey)
"Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina." (Cora Coralina)
"O esporte tem o poder de mudar o mundo, de inspirar e de unir um povo de um jeito que poucas coisas conseguem". (Nelson Mandela)
  •  

 
 
login área
clique para abrir!
  • Península apoiou

    a sistematização do projeto pedagógico da Casa do Zezinho com o intuito de disseminar a metodologia desenvolvida pela instituição.

O que é o projeto?

 
  • O que é a Casa do Zezinho?

    Fundada em 1994, a Casa do Zezinho oferece atividades educacionais, culturais e esportivas, além de oficinas de capacitação profissional e geração de renda a 1.500 crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social da região do Capão Redondo, periferia da Zona Sul de São Paulo.

  • O que é a Casa do Zezinho?

    Com a iniciativa, as crianças e jovens da região podem trocar as ruas por um espaço de aprendizado e lazer, no contraturno escolar. Aulas de música, mosaico, gastronomia, capoeira, entre outras atividades, são oferecidas aos meninos e meninas que, assim, podem vencer as limitações impostas pelo meio em que vivem e conquistar autonomia de pensamento e de ação para escolherem os próprios caminhos.

  • O que é a Casa do Zezinho?

    A Casa do Zezinho existe graças à iniciativa de um grupo liderado pela pedagoga Dagmar Rivieri Garroux, mais conhecida como Tia Dag: “Quando resolvi fazer a Casa do Zezinho já trazia 21 anos de periferia no coração. Foi uma luta brava e um longo aprendizado. Sou daquelas que nunca se conformou com a exclusão, pois defendo o direito de sonhar que a criança tem, o direito que ela tem de escolher seu destino, pertença ela a que classe for” - Tia Dag

1
2
3
 
Saiba como colaborar com este projeto!
 
Início / Status
2011 / Concluído
 
Área Programática
Educação complementar
 
Localidade
São Paulo, SP
 
Resultados Esperados
Organização de um modelo replicável para que muitas outras crianças e jovens possam ter a oportunidade de usufruir de vivências educacionais semelhantes.
 

Para disseminar os conhecimentos adquiridos nos 18 anos de experiência com educação não formal da Casa do Zezinho – organização não governamental que atende crianças e jovens da periferia de São Paulo – o Instituto Península apoiou o projeto de sistematização da metodologia de trabalho da instituição.

A proposta era acompanhar, registrar e publicar, por meio de textos, imagens e vídeos, o sistema educacional elaborado pela organização, batizado de Pedagogia do Arco-Íris. Essa metodologia tem como ponto central o desenvolvimento da autonomia de pensamento e ação a partir de quatro pilares da educação: Ser (Espiritualidade), Conhecer (Ciências), Saber (Filosofia) e Fazer (Arte).

Assim, a bem-sucedida experiência pedagógica da Casa do Zezinho pode ser replicada por outras pessoas envolvidas com projetos educacionais e sociais, formuladores de políticas públicas de educação e nas redes e instituições de ensino públicas e privadas de todo o País.

"A sistematização da Pedagogia do Arco Íris, metodologia educacional que dá sustentação ao trabalho na Casa do Zezinho, teve como objetivo torná-la acessível a um conjunto amplo de organizações que atuam no mesmo foco: a educação não formal de crianças e jovens de baixa renda, nos horários complementares à escola formal. Nosso propósito maior, no entanto, é o de promover o princípio básico desta pedagogia, ou seja, o desenvolvimento da autonomia em crianças e jovens para sua inclusão no ambiente social e no universo do trabalho e renda, com consciência plena dos seus direitos e responsabilidades."

Angela Dannemann, conselheira da Casa do Zezinho.
 
 
 
 
  • A Casa do Zezinho atende 1.500 jovens, de 6 a 29 anos.
 

Uma das missões do Instituto Península é contribuir com iniciativas sólidas que visem garantir o direito à educação de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. 

Neste contexto, apoiar a sistematização da metodologia pedagógica implantada com sucesso na Casa do Zezinho, para que ela possa ser replicada por outros projetos e pessoas envolvidas com educação, é uma maneira de consolidar, de modo eficiente, esse objetivo.
 
 
 
 
 
Instituto Península apoia Caminhos da Paz
Instituto distribui 1.300 exemplares do livro Aula Nota 10
Ana Maria Diniz é homenageada pela Worldfund
 
 
Receba nossa newsletter
Nome
E-mail
 

 

Fale Conoscocontato@institutopeninsula.org.brAv. Brigadeiro Faria Lima, 2055 15o AndarSão PauloSPCEP 01452 001
 
Copyright Instituto Península 2012 ©